A internet é um dos espaços mais democráticos que existem. O marketing digital para pequenas empresas é a maior prova disso! Por meio dele, é possível expor seus produtos ou serviços competindo diretamente com as grandes companhias.

Entretanto, para ter sucesso, a chave é o investimento. E não estamos falando de grana, mas de tempo para estudar e estruturar as estratégias de marketing digital.

Mas por que dedicar tantos esforços? Como definir em quais ações apostar? Se essas são algumas de suas dúvidas, veio ao lugar certo! Vamos falar sobre os benefícios do marketing digital para pequenos negócios e apresentaremos algumas estratégias. Confira!

O que é marketing digital?

A conceituação mais conhecida de marketing é a criada por Philip Kotler, considerado o “pai do marketing”. Ele afirma que essa estratégia nada mais é que um processo social que busca satisfazer desejos e necessidades de um grupo de pessoas pela negociação de soluções.

O marketing digital também pode ser conceituado da mesma maneira. Contudo, ele se refere às atividades realizadas no ambiente digital, ou por meio da internet.

Apesar de parecer algo simples, uma estratégia de marketing digital deve ser muito bem pensada. Assim como no marketing tradicional, existe uma diversidade de canais, materiais e ferramentas que podem ser utilizados.

Benefícios do marketing digital para pequenas empresas

O primeiro benefício do marketing digital para pequenos negócios é a interatividade promovida entre a empresa e seu público, sem dúvida. Afinal, o produto é deixado um pouco de lado para dar lugar a um relacionamento duradouro, com base na confiança.

O que importa é a experiência do cliente durante todas as etapas da jornada de compra.

Mas nem só de interação vive o homem! É preciso acompanhar cada estratégia adotada e verificar o retorno obtido. Nesse ponto, ninguém supera o marketing digital.

Atualmente, é possível mensurar todos os indicadores para que os donos das pequenas empresas tenham a comprovação da eficiência de cada uma das ações realizadas.

Outra grande vantagem dessa estratégia é a possibilidade de segmentar, de maneira altamente precisa, o perfil de sua persona. Isso é feito para que seja possível alcançar apenas as pessoas que realmente possuem interesse em seu produto ou serviço. Isso ajuda a tornar a sua comunicação com elas mais efetiva e eficaz.

Estratégias de marketing digital para pequenos negócios

No marketing digital, é possível desenvolver praticamente qualquer tipo de ação. Tudo dependerá da criatividade e dos recursos disponíveis.

Entretanto, a grande maioria das pequenas empresas não possuem grandes verbas para investir em um primeiro momento. Então, trouxemos algumas ações de baixo custo que podem se provar bastante efetivas!

Site

O site é a “casa” da empresa na internet, assim como a loja ou sede é na vida real. Lá, o cliente pode descobrir o que ela tem a oferecer a ele. E, mais do que tudo, tirar suas dúvidas quanto à credibilidade dessa oferta.

O que é essencial no marketing digital para pequenos negócios que ainda não possuem tanta autoridade de mercado!

Sendo assim, pense em uma estrutura enxuta, mais completa. Não exagere na quantidade de páginas, mas entenda como apresentar suas soluções da forma mais clara e convincente possível.

Outra boa dica é ter uma seção de depoimentos, onde os leads podem ver a opinião de quem já passou pela conversão. Isso ajuda a criar a base de confiança necessária para abrir espaço para a venda.

Blog

Os conteúdos de blog trouxeram os melhores resultados para 36% das empresas em 2021 (HubSpot). Essa estratégia ajuda a aumentar a visibilidade do site nos mecanismos de busca e potencializar a autoridade da empresa perante o mercado. O que é justamente o que um pequeno negócio precisa!

Sua principal função é gerar conteúdos valiosos, que apresentem soluções para os potenciais clientes e os ajudem a avançar no funil de vendas. Isso pode acontecer por meio de:

  • blog posts;
  • vídeos;
  • imagens;
  • infográficos;
  • materiais ricos.

Integrados, esses diferentes tipos de mídia performam ainda melhor! Seguindo essa linha, trouxemos algumas dicas rápidas para potencializar a estratégia desse canal e ajudar na criação de um blog de sucesso.

1 – Tenha um layout bem desenvolvido

O primeiro passo para ter sucesso com uma estratégia de blog para pequenos negócios é caprichando no layout do site. Tenha em mente que a falta de cuidado com a aparência das suas páginas não contribuirá para a atração dos visitantes.

Nesse sentido, vale ressaltar que, além da questão estética, o layout precisa ser 100% funcional. Ou seja, ele deve ter um carregamento rápido e ser fácil de navegar. É a soma desses fatores que promoverá uma excelente experiência aos leitores!

2 – Crie um calendário consistente

Um blog que traz resultados é aquele que tem um calendário de produção consistente. Publicar um artigo hoje, o próximo só daqui a dois meses e o outro na semana seguinte raramente trará bons resultados!

Isso não significa que se deve postar novos conteúdos todos os dias. Estabeleça um cronograma que mantenha, pelo menos, uma publicação a cada duas semanas. A chave aqui é pensar na demanda de produção que se encaixa na realidade da sua equipe, e que poderá ser mantida a longo prazo.

No entanto, deve-se observar que os blogs de maior visibilidade postam, no mínimo, um artigo a cada poucos dias.

3 – Aplique boas práticas de SEO

Muito provavelmente, o SEO do blog é o que trará mais visitas para os seus conteúdos. A vantagem é que essa estratégia acontece no longo prazo, sem que você tenha que investir verba em anúncios.

Além disso, o desempenho orgânico proporcionam crescimento exponencial. Nos primeiros meses, você verá pouco ou nenhum resultado. Entretanto, quando a estratégia engrenar, as chances de que o cenário positivo se mantenha são altos! E, aí, a estratégia de marketing digital para pequenos negócios estará encaminhada.

Nesse sentido, é preciso pensar no SEO a partir de duas frentes. A primeira é para o blog em si, o que diz respeito à parte mais técnica. Isso inclui:

  • marcação de dados estruturados;
  • semântica HTML (heading tags);
  • estrutura de URLs amigáveis;
  • performance de carregamento.

Depois, existe o SEO que você precisa aplicar no conteúdo. Ele começa a partir da definição de uma boa palavra-chave. E, depois, a aplicação desse termo em diversos aspectos do texto, como:

  • título (H1);
  • Title e Meta Description;
  • imagens;
  • heading tags;
  • URL;
  • corpo do texto.

4 – Promova o blog em outros canais

Apesar dos mecanismos de busca serem uma boa fonte de tráfego para o blog, você não precisa ficar restrito a eles. Afinal, o conteúdo foi criado para atingir o seu público, independente do canal.

Sendo assim, divulgue o blog em outros canais. Desdobre o conteúdo nas redes sociais, como Instagram, TikTok, YouTube, Twitter e Facebook, para maximizar suas oportunidades. Isso é especialmente valioso em estratégias de marketing digital para pequenas empresas, onde geralmente não há muita verba para a criação de conteúdo.

Outra opção é enviar por e-mail para ter contato direto com o cliente.

Na dúvida, observe as plataformas usadas pelos concorrentes. E, mais importante do que isso, quais são os principais fatores da estratégia em cada uma delas. Isso pode trazer insights interessantes para aplicar nas suas próprias ações.

SEO

Já falamos de SEO aplicado ao blog, mas é necessário pensar nesse aspecto para o site da empresa também. E não só isso: se você produz conteúdo para o YouTube, ou lista seus produtos em marketplaces como a Amazon, a otimização para mecanismos de busca também deve estar nos seus planos!

Afinal, em todos esses canais, os clientes estão buscando por algo. Nesse caso, é tarefa do trabalho de SEO garantir que o seu negócio seja encontrado.

Vale lembrar que o SEO não é garantia de que você apareça nas primeiras posições nas pesquisas. Entretanto, ele cria uma base para conseguir posições melhores, quando trabalhado de maneira correta.

Nesse caso, o primeiro passo é entender quais são os fatores levados em consideração para construir o ranqueamento. E, aí, pensar em como você pode se adaptar a eles.

Os links patrocinados nada mais são do que anúncios na internet. Eles podem aparecer em diversos lugares:

  • página de resultados de mecanismos de busca;
  • outras páginas da web;
  • redes sociais;
  • conteúdos em vídeo;
  • mapas.

O Google é uma das ferramentas mais importantes para a busca de informações para os usuários. Por exemplo, você pode utilizar o Google Ads para fazer promoções ou campanhas para atrair mais tráfego para as suas páginas na rede.

Também há o Facebook Ads, Instagram Ads e outras plataformas para anunciar nas redes sociais. Escolha o canal que mais se adequa a você.

A premissa é que as empresas pagam para estarem em um lugar de alta visibilidade para os potenciais clientes, ocupando posições de destaque. Como existe um investimento envolvido, é a forma mais rápida de atrair clientes na web.

Entretanto, no momento em que os recursos param de chegar, você perde essa visibilidade também. E a tendência é que você tenha que investir mais ao longo do tempo para atingir resultados cada vez melhores.

Por isso, use a mídia paga em conjunto com outras estratégias orgânicas, como as redes sociais e SEO. Elas vão garantir a sustentabilidade do marketing digital para pequenas empresas no longo prazo.

Contato

Os canais de comunicação constroem uma relação de confiança e comprometimento entre empresa e consumidor. Isso porque eles fornecem uma opção de contato direta, que é muito utilizada caso o cliente precise de ajuda com uma determinada situação.

Em outras palavras, é um processo de engajamento que cria e desenvolve relacionamentos cooperativos de benefício mutuo e aumenta a visibilidade da sua empresa.

Disponibilize vários meios para que o cliente entre contato com a empresa, como:

  • chats online;
  • redes sociais,
  • e-mail;
  • telefones;
  • aplicativos de mensagem.

Ademais, não adianta somente disponibilizar os canais. Você precisa capacitar a equipe de atendimento, criando uma política para que os colaboradores saibam agir e fornecer soluções para quaisquer cenários.

Isso ajuda a garantir a qualidade do atendimento de maneira universal, contribuindo para a imagem positiva da marca aos olhos dos clientes.

A chave do marketing digital para pequenas empresas: estratégia

Como qualquer ação que traz resultados positivos para uma empresa, o marketing digital também precisa de muito planejamento e estratégia. Especialmente para os pequenos negócios, que precisam otimizar ao máximo seus recursos.

Entretanto, as vantagens são muitas. A empresa que possui autoridade na internet fortalece sua presença no dia a dia do cliente. Além de:

  • conhecer melhor seu público-alvo;
  • ganhar visibilidade perante a concorrência;
  • facilitar o fechamento para a equipe de vendas;
  • valorizar a imagem da marca;
  • aumentar a confiança dos clientes.

E esses benefícios só podem ser obtidos por meio de estratégias coerentes com o perfil da marca, que atendam às necessidades dos consumidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso