Homem acessando o Google no celular

Indícios de uma nova atualização nas extensões de anúncio já podem ser vistos na plataforma de gerenciamento do Google Ads, como noticiado pelo portal Search Engine Roundtable.

O especialista Brett Bodofsky compartilhou um screenshot no Twitter que mostra a palavra “Atualizado” na interface que traz os relatórios de desempenho das extensões disponíveis para um anúncio, como sitelink, formulário de lead, frase de destaque, entre outras.

Até o momento, nenhum dos relatórios listados é populado com dados. Clicar em qualquer um deles leva para uma página vazia.

Google promete conclusão para certas extensões até fevereiro de 2022

Em um artigo da Ajuda do Google Ads, o Google afirma que as atualizações servem para facilitar a criação e gerenciamento de extensões em campanhas de mídia paga.

Para snippets estruturados, sitelinks e frases de destaque, a previsão para terminar a implementação das atualizações é 15 de fevereiro de 2022. O Google não se manifestou quanto às outras extensões.

Algumas funcionalidades de extensões foram descontinuadas

Com a atualização das extensões, algumas funcionalidades de configuração foram descontinuadas porque se tornaram obsoletas. São elas:

  • Preferência do equipamento para dispositivos móveis
  • Horário de início e término nas extensões de chamada
  • Programação de anúncios nas extensões de aplicativo
  • Horário de início e término e programação de anúncios nos snippets estruturados e de preço

Dados em diferentes seções podem mostrar discrepância

À medida que a atualização está sendo implementada de forma gradual, usuários podem notar discrepâncias entre dados de performance em diferentes seções.

Principalmente, isso pode ocorrer na visualização resumida e em tabela. Isso porque a visualização resumida traz os dados combinados de antes e depois da atualização dos relatórios, o que não ocorre na visualização em tabela.

Após a implementação completa, os dados legados só poderão ser acessados na seção de “Relatórios”, e não mais na página de extensões, até agosto de 2022.

Nova funcionalidade permite pausar extensões

Além de pequenos ajustes a funcionalidades já existentes, a atualização traz uma novidade: agora é possível pausar extensões atualizadas.

A ação é facilmente acessível a partir do painel de extensões do Google Ads, como você pode conferir no passo a passo:

  1. No painel Anúncios e extensões, clique em Extensões;
  2. Clique no card de resumo da extensão que você deseja pausar;
  3. Ao lado do ícone de filtro, clique em Adicionar filtro e selecione Status da extensão: todas, exceto as removidas;
  4. Escolha a extensão que você deseja pausar na caixa de seleção;
  5. Clique em Editar e, depois, Pausar.

Acompanhamento por parâmetros continuam funcionando

Se você usa parâmetros ValueTrack para acompanhar a performance das suas extensões, saiba que eles continuarão funcionando quanto usados nas URLs de extensões atualizadas, apenas com a exceção do {feeditemid}.

É possível vincular qualquer URL a uma extensão atualizada a partir do parâmetro {extensionid}.

Leia o artigo completo para saber mais

O Google forneceu um artigo com todas as informações sobre a atualização na Ajuda do Google Ads. Leia na íntegra para entender melhor como ela pode afetar seu gerenciamento de anúncios!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso

Meta atualiza interface de objetivos do Ads Manager para simplificar a criação de campanhas

Agora, metas serão orientadas para resultados, o que facilita o entendimento sobre o papel de cada campanha na estratégia

Apple é a primeira empresa da história a alcançar US$ 3 trilhões em valor de mercado

A empresa também foi pioneira em atingir US$ 1 trilhão e US$ 2 trilhões

Instagram inicia testes de feed cronológico — mas pode não ser o que você espera

Existirão 3 versões do feed do Instagram, que poderão ser selecionadas pelos usuários