Na última segunda-feira (14), o Google anunciou o lançamento de um novo recurso do AdSense para Pesquisas.

Chamado de Busca Relacionada em Páginas de Conteúdo, ele mostra sugestões de termos de pesquisa relacionados ao conteúdo da página. Assim, os usuários podem explorar tópicos similares e visualizar anúncios sobre eles.

GIF mostrando como as buscas relacionadas em páginas de conteúdo do Google AdSense funcionam na prática
Fonte: Google

Na prática, o recurso traz palavras-chave que, se clicadas, levam para a busca interna do site. Entretanto, os resultados mostram anúncios externos junto aos resultados de páginas.

Como usar

  1. Para usar o recurso em seu site, é preciso habilitar o AdSense para Pesquisas. Seu gerente de conta do AdSense pode ajudá-lo com isso.
  2. Além de aderir aos requisitos da busca relacionada e dos anúncios personalizados de pesquisa do Google, é preciso criar um modelo que ilustre como será feita a incorporação no site.
  3. Depois, é possível criar os recursos embedáveis na plataforma do Google AdSense. Há opções de personalização de design para integrar a seção ao resto do layout.
  4. Para incorporar à página, o AdSense fornece um fragmento de código que pode ser facilmente inserido no conteúdo.

Análise de resultados

Na conta do AdSense, também é possível analisar resultados específicos da Busca Relacionada em Páginas de Conteúdo. Entretanto, é preciso criar um relatório, de acordo com o passo a passo a seguir.

  1. Visite a página de Relatórios no AdSense.
  2. Crie um relatório personalizado e adicione o recurso de Formato de anúncio.
  3. Clique em Editar métricas e selecione a métrica de Funil.
Ilustração do funil de vendas com o recurso de busca relacionada do AdSense
Fonte: Google

Boas práticas

Veja a tradução das boas práticas de uso compartilhadas pelo Google na íntegra:

  • Posicione o recurso de buscas relacionadas em uma localização proeminente nas suas páginas para melhorar a performance. Nota: tenha em mente que o recurso deve ser complementar ao conteúdo da sua página, e não o foco.
  • Certifique-se de que há conteúdo contextual suficiente em suas páginas para que o recurso de buscas relacionadas tenha um bom desempenho no seu site
  • Não julgue a performance do recurso de buscas relacionadas apenas alguns dias depois da implementação. Nós recomendamos que você espere, pelo menos, até que o modelo tenha tido a chance de otimizar o desempenho.
  • Você pode adicionar o parâmetro de linguagem (hl) para o código do recurso de buscas relacionadas para ter certeza de que o AdSense mostre termos na língua que você deseje.
  • (Opcional) Você pode fornecer seus próprios termos de busca com o parâmetro de terms na solicitação de busca relacionada. Dessa maneira, você tem a oportunidade de mostrar termos mais relevantes para a página ou a intenção de busca do usuário.
    • O Google verifica os termos que você fornece e os exibe baseado em uma variedade de critérios objetivamente medidos, como relevância, engajamento dos usuários, e desempenho
    • Você pode checar se os seus próprios termos estão sendo exibidos para as solicitações de busca relacionada examinando os parâmetros de termPositions no adLoadedCallback. (Todos os termos descartados estarão ausentes do termPositions.
  • Se você está comprando tráfego para suas páginas de conteúdo (por exemplo, tráfego no qual um usuário chega na página do recurso de buscas relacionadas através do clique em um anúncio ou um link em outro site, e o anúncio ou link está sob o seu controle), você precisa transmitir o texto do anúncio com o parâmetro referrerAdCreative na solicitação de busca relacionada.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso