Homem usando fones de ouvido em frente ao computador para participar de um evento em áudio do LinkedIn

Na última quinta-feira (6), o LinkedIn anunciou mais uma funcionalidade para manter criadores de conteúdo e usuários cada vez mais engajados.

A rede social terá uma plataforma de eventos de áudio interativos parecida com a proposta do Clubhouse. Será possível transmitir eventos com um ou mais palestrantes, além de criar salas abertas de discussão.

Screenshot da interface de eventos em áudio do LinkedIn
Evento de áudio será conduzido diretamente pelo LinkedIn (Fonte: LinkedIn)

Essa iniciativa é o primeiro passo em direção a um espaço para eventos online em geral, que englobará também o uso de vídeo. O beta da versão em áudio estará disponível até o final de janeiro.

Por sua vez, a experiência audiovisual ainda não tem data de lançamento, mas as previsões apontam para o outono de 2022.

Screenshot da interface de eventos em vídeo do LinkedIn
Eventos em vídeo estão previstos para os próximos meses (Fonte: LinkedIn)

Liberdade na mão dos organizadores

O objetivo do LinkedIn é fornecer uma solução versátil para que organizadores possam personalizar de acordo com a proposta de cada evento. Jake Poses, Product Manager Líder de Vídeo, Creators e Eventos do LinkedIn, declarou:

Nossa filosofia é colocar os organizadores no controle. Nós queremos facilitar que eles promovam mesas-redondas, bate-papos, e mais. Alguns podem querer fazer eventos mais formais, ou mais informais. Outros podem querer comunicar com o público, e abrir o microfone. Nós estaremos dando interatividade e suporte para esses profissionais.

Toda a condução será feita diretamente pelo LinkedIn, sem a necessidade de software de terceiros.

Será possível transmitir e gravar os eventos, além de selecionar o formato desejado entre uma gama de opções. Seja um livestream, uma conversa entre vários palestrantes, ou um bate-papo com a plateia.

Screenshot da interface de transmissões ao vivo do LinkedIn
Transmissões ao vivo terão bate-papo entre participantes (Fonte: LinkedIn)

Ademais, o LinkedIn dedicará uma seção especial para divulgar os eventos que acontecem na plataforma. Isso garante maior visibilidade para criadores de conteúdo e organizadores.

Em setembro de 2021, a rede social também testou uma versão paga, onde havia a cobrança de ingressos para os participantes. Entretanto, ainda não há previsão para incorporar essa funcionalidade.

Interatividade também para participantes

Os espectadores também serão dados todas as ferramentas necessárias para participar ativamente dos eventos.

Em bate-papos interativos, os organizadores poderão abrir o microfone para que participantes compartilhem seus insights e opiniões.

No caso de livestreams, há um chat onde é possível discutir em tempo real com quem também está assistindo. Essa seção também estará disponível após o evento.

Ideia encontra outras soluções de redes sociais

Apesar de ter um novo foco profissional, a proposta de eventos em áudio não é novidade para ninguém. E a “inspiração” mútua está cada vez mais comum entre as redes sociais.

Quem popularizou o formato no início da pandemia de COVID-19 foi o Clubhouse, que hoje não possui mais a necessidade de convites para inscrição.

Depois, foi a vez do Twitter testar os Spaces, que foram liberados para todo o público em outubro de 2021. Também há o Greenroom, do Spotify; as Live Audio Rooms, do Facebook; e, por fim, os Stage Channels do Discord.

Sendo que as soluções estão cada vez mais parecidas no que tange a funcionalidades, a diferenciação se dará pelo enfoque que as redes sociais serão capazes de fornecer aos usuários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso

Meta atualiza interface de objetivos do Ads Manager para simplificar a criação de campanhas

Agora, metas serão orientadas para resultados, o que facilita o entendimento sobre o papel de cada campanha na estratégia

Apple é a primeira empresa da história a alcançar US$ 3 trilhões em valor de mercado

A empresa também foi pioneira em atingir US$ 1 trilhão e US$ 2 trilhões

Instagram inicia testes de feed cronológico — mas pode não ser o que você espera

Existirão 3 versões do feed do Instagram, que poderão ser selecionadas pelos usuários