Ilustração mostrando o novo relatório de Métricas de Performance do Moz Pro
Fonte: Moz

A Experiência na Página já é um sinal de ranqueamento no mobile desde a metade de 2021. E também já tem data para chegar no desktop: fevereiro deste ano, com previsão de conclusão para o final de março.

Sendo assim, é imprescindível que profissionais de SEO incorporem o acompanhamento do desempenho de suas URLs aos seus planejamentos.

Para ajudar nessa missão, a Moz acaba de lançar uma nova solução chamada Métricas de Performance.

Ela já estava disponível em versão beta para usuários selecionados. Agora, foi incorporada permanentemente ao Moz Pro. Com isso, se tornou possível integrar os dados deste relatório com outras seções da ferramenta.

Para relembrar: o que é a Experiência da Página?

A experiência na página também é chamada de Page Experience, e é definida pelo Google como:

indicadores [que] medem como os usuários percebem a experiência de interagir com uma página da Web e contribuem para nosso trabalho contínuo de garantir que as pessoas tenham uma experiência mais útil e agradável na Web.

Ou seja, é uma série de fatores que contribuem para chegar a uma média sobre o desempenho de uma página:

  • Carregamento: medido pelo LCP (Largest Contentful Paint);
  • Interatividade: medida pelo FID (First Input Delay);
  • Estabilidade visual: medida pelo CLS (Cumulative Shift Layout);
  • Mobile-friendly: se a página é compatível com dispositivos móveis;
  • HTTPS: se a página possui certificado digital SSL válido;
  • Intersticiais intrusivos: se a página possui anúncios invasivos, como pop-ups.
Diagrama com os sinais que compõem o indicador de experiência na página
Sinais que compõem o indicador de experiência na página em dispositivos móveis (Fonte: Google/Reprodução)

Vale lembrar que os três primeiros sinais (Carregamento, Interatividade e Estabilidade Visual) compõem os Core Web Vitals, outro conceito que entrou em evidência com o update do Page Experience.

Experiência na página ganhará mais relevância com o passar do tempo

O update de Experiência na Página teve menos impacto no ranqueamento do que boa parte da comunidade de SEO conjecturou.

Isso levou muitos profissionais a se perguntarem e especularem qual era a real importância desse sinal para a performance orgânica de suas páginas.

Entretanto, a Moz salienta que a tendência é que a Experiência na Página ganhe mais relevância ao longo do tempo.

Isso acontecerá à medida que o Google tenha mais dados do Chrome User Experience Report (CrUX) para embasar a avaliação das páginas. E, também, mais confiança na cobertura e avaliação dessas informações pelo algoritmo de classificação.

Novidades na ferramenta de Métricas de Performance do Moz Pro

Com a implementação permanente no Moz Pro, a ferramenta de Métricas de Performance trouxe novas funcionalidades para seu arsenal.

Acompanhamento de URLs

Uma delas é a possibilidade de acompanhar o desempenho de URLs ao longo do tempo.

Screenshot mostrando a seção de URLs acompanhadas
Para conferir a ferramenta, acesse o Moz Pro, depois Campaigns, e Site Crawl (Fonte: Moz)

O processo é o seguinte: o usuário cadastra uma lista de URLs que serão acompanhadas ao longo do tempo.

Automaticamente, a ferramenta conduz uma análise do desempenho da Experiência na Página e integra os dados obtidos ao relatório. O monitoramento é semanal e busca por problemas que podem gerar queda de performance.

Se a ferramenta identifica alguma adversidade, envia uma notificação para o usuário.

Evolução das páginas

Os dados das URLs acompanhadas também alimentam um relatório de evolução das páginas.

Ao inspecionar URLs individuais, a ferramenta traz um gráfico temporal que mostra a pontuação de performance da página ao longo do tempo.

Screenshot que mostra um gráfico de evolução de uma URL em relação à experiência da página no Moz Pro
É preciso inspecionar URLs individualmente para visualizar a evolução da pontuação (Fonte: Moz)

Com isso, é possível cruzar com informações internas para avaliar quais mudanças no site tiveram mais impacto na experiência da página.

A ferramenta também traz indicações básicas de quais ações podem ser conduzidas para melhorar as métricas.

Avaliação com filtragem de URLs

Ademais, ainda há uma seção visual que traz gráficos que separam as URLs pela pontuação de Core Web Vitals. E, também, pela performance de experiência da página no geral.

Screenshot que mostra a possibilidade de filtrar URLs na ferramenta de Métricas de Performance do Moz Pro
É possível filtrar URLs por diversas características para visualizar a performance geral (Fonte: Moz)

É possível trocar entre mobile e desktop. Ou, também, usar apenas um período específico de tempo.

Além disso, a ferramenta permite filtrar as URLs pelas páginas com melhor ranqueamento, mais tráfego, ou maior PA (Autoridade da Página).

Integração com outros relatórios

À medida que a ferramenta não está mais em beta, ela se encontra no mesmo patamar de outras soluções do Moz Pro.

Consequentemente, é possível cruzar a análise de performance com métricas de outros relatórios. Isso inclui:

  • visibilidade da URL;
  • DA (Autoridade do Domínio);
  • Spam Score (Pontuação de Spam);
  • entre outras.

Teste a Moz Pro hoje mesmo

A ferramenta de Métricas de Performance está disponível para todos os usuários do Moz Pro. Você pode testar a solução por 30 dias.

Após esse período, a licença mensal da solução varia entre:

  • US$ 99 (plano Standard, para usuários básicos e individuais; aproximadamente R$ 550);
  • e US$ 599 (plano Premium, para agências e times de marketing in-house; aproximadamente R$ 3.400).

Entre esses dois, também há outros dois planos intermediários. Há um desconto de 20% para a contratação anual. Confira todas as opções de planos aqui.

Vale lembrar que o Moz Pro é concorrente direto do Semrush e Ahrefs, outras ferramentas de SEO e marketing digital que possuem licenças de valores similares.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso