Mulher fazendo live shopping

Na última segunda-feira (22), o Twitter anunciou que está trazendo mais uma funcionalidade ao aplicativo.

Agora, empresas poderão conduzir ações de Live Shopping para promover seus produtos em tempo real e aproveitar todo o engajamento que esse tipo de transmissão tem a oferecer.

A “cobaia” é o Walmart, que vai iniciar a Cyber Week com uma live de ofertas liderada pelo cantor Jason Derulo.

“Assistir, papear e comprar”: conheça o Live Shopping do Twitter

O Live Shopping do Twitter propõe integrar a compra à experiência coletiva de discussão e consumo de conteúdo da rede social.

Live Shopping no Twitter tem transmissão ao vivo, listagem de produtos e discussão entre usuários
Interface de Live Shopping no Twitter traz experiência de compra e discussão integrada (Fonte: Twitter/Reprodução)

A interface traz o vídeo da transmissão ao vivo na parte superior da tela, logo acima de um banner que destaca um dos produtos oferecidos no Live Shopping.

Logo abaixo, os usuários podem escolher entre duas abas: Últimos, onde podem participar da discussão sobre a transmissão, e Loja, onde podem ver todos os produtos selecionados para a transmissão.

Segundo o Twitter, a vantagem é poder “alternar entre as duas abas enquanto assiste o livestream, podendo ser uma parte da conversa e olhar produtos ao mesmo tempo”.

Quando opta por finalizar a compra, o usuário é levado para o site da loja. Mas isso não significa que ele tenha que parar de assistir a transmissão!

Navegador dentro do app permite que usuários façam a compra dos produtos sem deixar a transmissão
Usuários podem finalizar a compra sem parar de assistir à transmissão (Fonte: Twitter/Reprodução)

Já que a proposta é uma experiência ininterrupta e integrada, a finalização ocorre em um navegador dentro do próprio app do Twitter, que mantém o vídeo aparecendo em um dos cantos da tela.

Walmart é a primeira empresa a aderir à funcionalidade

Quem está ao lado do Twitter para fazer o primeiro teste de Live Shopping é a gigante Walmart. No dia 28 de novembro, o cantor Jason Derulo vai conduzir uma transmissão com ofertas de Cyber Monday, data para limpar os estoques da campanha da Black Friday.

O evento só poderá ser assistido nos aplicativos do Twitter para iOS e Android. William White, Chief Marketing Officer da empresa, declarou:

O Twitter continua sendo uma plataforma importante para o negócio do Walmart e nossos clientes. Estamos focados em desbravar novos territórios com o Live Shopping e estamos animados para celebrar um marco importante juntos com o primeiro evento deste tipo no Twitter. Estamos indo ao encontro dos consumidores onde eles estão, e facilitando aproveitar ofertas incríveis e encontrar inspiração a partir de experiências dinâmicas e interativas. Estamos animados para continuar trazendo experiências de engajamento para nossos clientes que permitam que eles façam suas compras de maneira integrada enquanto ainda estão sendo entretidos.

O que vem por aí? Expansão do Shop Module, Twitter Shopping Manager e mais

O Live Shopping não é a primeira experiência de compra incorporada ao Twitter. Em julho deste ano, a rede social já havia criado o Shop Module, uma seção no perfil onde marcas podem expor seus produtos e levar o usuário ao site para a compra.

Shop Module permitia que perfis selecionados criassem listagens de produtos
O Shop Module trouxe a experiência inicial de compra para o Twitter (Fonte: Twitter/Reprodução)

Entretanto, a funcionalidade só está disponível para perfis selecionados nos Estados Unidos. Um dos próximos passos do Twitter é expandir a abrangência, mas ainda não há previsão para que ela chegue a outros países como o Brasil.

Outro marco no horizonte é o lançamento do Twitter Shopping Manager, uma plataforma que permitirá às marcas gerenciar a exibição do seu catálogo na rede social.

Elas poderão controlar a maneira que seus produtos aparecem para os usuários e criar listagens personalizadas para seu público.

Live Shopping é mais um esforço do Twitter para impulsionar o e-commerce

No passado, o Twitter já aderiu a inúmeras iniciativas focadas em e-commerce que acabaram descontinuadas.

Um exemplo são as Product and Place Collections, lançadas em 2015, que criavam uma seção dedicada para a promoção de produtos em alguns perfis de alto engajamento.

Product and Place Collections eram disponíveis para usuários selecionados, mas foram descontinuadas
Product and Place Collections permitia criar listagem de produtos, mas foi descontinuada (Fonte: Twitter/Reprodução)

O resultado não foi positivo e houve baixa aderência. Assim, o Twitter removeu o botão de “Comprar” e diminuiu os esforços para implementar funcionalidades de e-commerce nos anos seguintes.

Talvez, o investimento no Live Commerce se dê pela grande popularidade desta modalidade em outros países. Somente na China, mais de US$ 200 bilhões foram movimentados em transmissões ao vivo integradas com experiências de compra.

Agora, resta esperar para ver se o Twitter vai conseguir trazer este renome para o mercado americano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba nossos melhores conteúdos por e-mail.

Você pode gostar disso

Google lança atualização anti-spam de novembro de 2021 no algoritmo de busca

Profissionais de SEO podem identificar volatilidade de tráfego nos próximos dias

Google lança guia com boas práticas para escrever tags title

O Google acaba de lançar, através do Google Search Central, uma série…

IndexNow: Projeto de Bing e Yandex promove indexação imediata de conteúdo em buscadores

Na última segunda-feira (18), os buscadores Microsoft Bing e Yandex anunciaram um…

Google implementa rolagem contínua na página de resultados de busca em dispositivos mobile

Na última quinta-feira (14), o Google anunciou que está trazendo a funcionalidade…