Homem fazendo busca no Google em um laptop

O Year in Search 2021 já está entre nós! Na última quarta-feira (8), o Google lançou a retrospectiva de buscas do ano, como é de praxe quando o fim de dezembro se aproxima.

A temática passa por todos os assuntos que permeiam a web, desde cultura e entretenimento até saúde, meio-ambiente e economia.

Neste artigo, você vai conferir os destaques globais relacionados a redes sociais e empreendedorismo. Além de tendências específicas do público brasileiro.

Acontecimentos nas redes sociais

Foi nas redes sociais que repercutiram alguns dos acontecimentos mais memoráveis do ano. E eles também acabam transparecendo nas buscas!

Em buscas que começam com “O que” no Brasil, os três termos mais pesquisados vieram de modas e memes dos quais ninguém pode escapar.

Primeiro, vem O que é cringe, gíria que se popularizou em junho para descrever alguém (ou algo) que tenta ser cool, mas acaba vergonhoso ou constrangedor.

Na sequência, está O que é basculho, expressão pernambucana popularizada por Gilberto durante uma briga com Pocah no BBB21, em fevereiro.

Por último, O que aconteceu com o WhatsApp, quando o app, além do Facebook e Instagram, ficaram fora do ar durante um dia inteiro em outubro.

O apagão das redes sociais também refletiu em outras vertentes. Na lista de “Acontecimentos”, o tópico WhatsApp fora do ar ficou em terceiro lugar nas buscas, atrás apenas de Olimpíadas 2021 e Vacina COVID-19.

Por que isso é importante?

Um dos pilares para ter ideias de conteúdo para redes sociais é ficar de olho nas tendências e memes do momento. Isso cria identificação com o público, que percebe que a empresa está inserida no mesmo contexto que ele.

Relação entre saúde mental e redes sociais

Cada vez mais, as pessoas estão debatendo sobre o impacto das redes sociais na saúde mental dos usuários. E como toda discussão precisa ser embasada, elas vão à busca para entender melhor o assunto.

No panorama global, o tópico Doomscrolling nunca foi tão pesquisado. Ele descreve aqueles momentos quando você está ansioso e fica atualizando o feed das redes sociais, lendo um artigo atrás do outro e esperando más notícias.

Por que isso é importante?

Sair do piloto automático para cuidar da saúde mental vem sendo uma pauta importante para quem produz e consome conteúdo. Um exemplo é a tendência do slow content, onde a qualidade é priorizada em detrimento da quantidade.

Transição do CLT para o empreendedorismo

O estado atual do cenário econômico está levando muitas pessoas a apostar no empreendedorismo, em vez de buscar oportunidades em empresas que já existem.

Tanto que o termo Como abrir um negócio superou Como conseguir um emprego em buscas este ano.

Por que isso é importante?

Enquanto negócios B2B focam em atingir apenas grandes empresas com suas estratégias de marketing de conteúdo, as “bandas de um homem só” podem representar uma boa oportunidade de atingir novos públicos.

Focar em empreendimentos em estágio inicial ou profissionais freelancers que trabalham com grandes projetos se tornou mais necessário a partir de 2021.

Investimento em criptoativos

Os criptoativos pautaram as buscas de investidores em 2021. Para você ter uma ideia, Como comprar Bitcoin superou Como comprar ações, sinalizando que o público está interessado em maneiras não-convencionais de investimentos.

Além disso, o principal tópico da pesquisa “Criar” foi Como criar NFT. Isso aconteceu depois que um tweet foi vendido por aproximadamente R$ 16 milhões.

Por que isso é importante?

A discussão sobre criptoativos foi um dos principais tópicos de 2021. Muitas empresas aproveitaram a oportunidade para abordar o assunto com seus públicos, quando cabível.

Além disso, é bom ficar de olho no impacto que as criptomoedas podem exercer no comércio como um todo, e especialmente no e-commerce.

Apesar do rumor ter sido desmentido em pouco tempo, houve especulações de que a Amazon passaria a aceitar Bitcoin como um meio de pagamento. Isso aconteceu depois da divulgação de uma vaga para trabalhar com criptomoedas na empresa.

Além disso, Elon Musk também anunciou que o Bitcoin seria aceito na Tesla. Isso condicionou a alta de várias criptomoedas, e não só do Bitcoin.

Geração Z vs. millennials

O agrupamento da sociedade em gerações não é de hoje. Mas, mais do que nunca, as pessoas tentam entender quais fatores associam essas classificações e tornam alguém integrante de um grupo identitário tão amplo.

Nos Estados Unidos, as buscas para Geração ZMillennials se mantiveram acirradas, salvo em um breve período no início do ano.

Gráfico mostrando a tendência de busca para "geração Z" e "millennials" nos Estados Unidos em 2021
Buscas para “millennials” e “geração Z” foram acirradas em 2021 (Fonte: Google The Keyword/Reprodução)

Por que isso é importante?

Quando bem definidas e compreendidas pela equipe que traça a estratégia, as gerações podem ser uma ferramenta poderosa na criação de personas e definição de público-alvo.

Afinal, elas ajudam a compreender os comportamentos, hábitos e gostos de uma determinada fatia do público. Não é à toa que a faixa etária ainda é um dos fatores mais importantes para identificar a demografia do público-alvo.

Confira o Year in Search 2021 completo

Além do vídeo incluído no início deste post, veja todos os insights do Year in Search no site do Google e no Google Trends.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso