Já se foram os tempos em que os podcasts eram só uma forma de criar conteúdo sobre algo que você gostava. As empresas mais antenadas já entendem a importância desse formato e criaram programas que integram a estratégia de marketing de conteúdo, ajudando a trazer visibilidade e clientela para o negócio.

O problema é que muitas outras ainda não sabem por onde começar, né? Por isso, trouxemos um passo a passo para criar um podcast com poucos recursos e dar o pontapé inicial na estratégia.

Ah, e já sabe, né? Para qualquer dúvida, a seção de comentários tá logo ali embaixo! Vem que a gente te ajuda 😊

Antes de tudo: você já sabe o que é podcast?

Se você ainda não sabe o que é podcast, aí vai uma definição bem simples e completa: um podcast é um conteúdo em áudio que pode ser consumido a qualquer hora, em qualquer lugar.

Talvez você já tenha ouvido alguns podcasts e até conheça alguns formatos diferentes, como as entrevistas ou as narrativas. Mas você já tentou se aprofundar um pouco mais para entender o que diferencia um podcast de outros conteúdos em áudio, por exemplo?

Ainda não? Então dá uma olhada nesse post sobre o que significa podcast que eu escrevi aqui para o Blog da Mateada há algum tempo.

Tem tudo o que você precisa saber sobre as vantagens do podcast para a estratégia de marketing de uma empresa e até mesmo um pouquinho sobre como esse tipo de conteúdo surgiu!

O que você precisa para começar?

É verdade que quem produz podcasts há mais tempo tem toda uma parafernália de equipamentos de áudio e ferramentas de edição. Mas se engana quem pensa que você precisa de tudo isso para começar!

Para dar os primeiros passos como podcaster, o que você mais vai precisar é de força de vontade.

Como qualquer estratégia digital, um podcast precisa de um planejamento bem elaborado e muito esforço para segui-lo, além de constantes adaptações e melhorias baseadas nos resultados do que você já fez.

Pode gravar com um celular mesmo, porque um fone de ouvido com um bom microfone e bastante cuidado para evitar ruídos já dão conta do recado. Para editar, tem vários programas gratuitos que permitem fazer cortes simples e sobreposição de faixas, como o Audacity.

Lembre-se que, apesar de que captação e edição bem feitas fazem toda a diferença, o que importa no seu podcast é o conteúdo. Então pode sair dessa nóia de precisar de todos os equipamentos caros e invista no que está ao seu alcance em um primeiro momento!

Passo-a-passo: como criar um podcast?

Você chegou até aqui porque entendeu que criar um podcast é a melhor escolha para a estratégia do seu negócio e precisa de ajuda para dar os primeiros passos. Segura essas dicas para não cometer os mesmos erros que a gente (e muitos outros podcasters) já cometeram um dia!

1. Planeje, planeje, planeje!

Criar um podcast é como bolar qualquer outra estratégia digital: precisa de planejamento. É nessa etapa que você vai definir questões importantes que vão servir de norte para a criação do seu conteúdo. Para começar, pense no básico:

Temática

Sobre qual assunto seu podcast vai falar? Pode parecer óbvio, mas precisamos deixar bem claro que precisa ser um assunto que você goste bastante e, também, que você tenha propriedade para falar.

É justamente a combinação da sua paixão com a certeza de saber do que está falando que vai atrair um consumidor qualificado para o seu podcast 😉

Público

Quem vai ouvir o seu podcast? Não adianta produzir conteúdo para você mesmo. Por isso, crie uma persona para o seu ouvinte ideal e se coloque no lugar dela para descobrir o que ela gostaria de ouvir.

Empatia é uma das características que você mais vai ter que exercitar para criar estratégias digitais, seja para um podcast ou para qualquer outro tipo de conteúdo. Nunca deixe de inverter o caminho e tentar entender os sentimentos da sua audiência.

Formato

Qual vai ser a linha que o seu podcast vai seguir? Pode ser algo estilo “mesa redonda”, com entrevistas e convidados. Ou mais parecido com uma narrativa, que use elementos de storytelling.

Para decidir, vale colocar na mesa o que combina mais com o tema, quantos recursos você está disposto a investir e o que você acha que o seu público mais curtiria!

Frequência

De quanto em quanto tempo você vai lançar um episódio novo? Geralmente, os podcasts são estruturados em temporadas de um determinado número de episódios.

Assim, os fãs já sabem quando esperar um programa novo, criando uma base engajada com o seu conteúdo. Além disso, um bom desempenho inicial pode ajudar o seu podcast a se destacar em plataformas que baseiam a distribuição de programas para novos usuários em algoritmos de popularidade!

CTA

Tudo tem uma razão em uma estratégia de marketing de conteúdo. Não é diferente para um podcast — ele precisa de um CTA, ou seja, precisa guiar o usuário a completar uma ação.

Pode ser interagir a partir de um comentário, seguir seu perfil nas redes sociais, se inscrever em uma newsletter no seu site ou comprar um item na sua loja. Assim, você garante que o seu cliente dê o próximo passo rumo ao encantamento e à fidelização 😍

2. Crie o roteiro do episódio

Mesmo que o seu podcast seja mais informal, ele ainda precisa de um roteiro. Durante a gravação, o ideal é evitar cortes, e o roteiro ajuda a garantir que todos os participantes estão na mesma página durante a sessão.

Ah, e você ainda evita deixar de fora uma parte importante do conteúdo e lembrar só depois, sentado na frente do computador para começar a edição 🤦

3. Faça a gravação

Um ambiente silencioso faz toda a diferença para a gravação do seu podcast. A ausência de ruído ajuda a trazer mais qualidade para o áudio, o que significa menos esforço na hora da edição.

Para escolher o melhor lugar, lembre-se de que precisa ser um ambiente sem reverberação, pois o som ecoa em superfícies “duras”. Faça testes em vários ambientes para entender o que funciona melhor para o seu equipamento.

Uma boa opção para um podcast low-budget é preencher as paredes de uma sala pequena (ou até mesmo um armário) com edredons e outros tecidos fofinhos que possam absorver o som. A estética não é lá muito glamurosa, mas pode ter certeza que funciona! 😅

4. Edite

Essa pode ser a etapa mais longa de criar um podcast do zero. Mas não significa que você precisa se desesperar! Comece pelo básico, vá fazendo o que você sabe fazer melhor e parta dali 😉

Não conseguimos dar instruções mais exatas porque depende bastante da maneira que você gravou, do software que você está usando para editar e das próprias características do seu podcast.

Mas o que mais tem aí pelo YouTube são dicas de como usar esses programas! Nossa dica é optar pelo Audacity, que é totalmente gratuito e permite todas as funções básicas de edição de áudio.

Então dá uma procurada e estuda um pouquinho que você já sai na vantagem! Algumas dicas para guiar esse processo:

👉 Lembre de fazer um backup do arquivo original para garantir que não vai perder nada.

👉 Faça cortes onde achar necessário, mas tome cuidado para não deixar a voz com aparência “picotada” ou para não tirar as frases de contexto.

👉 Para garantir que não vai ter problemas com copyright, use faixas royalty free como trilhas musicais e efeitos sonoros.

5. Publique e divulgue (muito!)

Se você chegou nesse ponto, tenho certeza que já se esforçou horrores para criar e produzir o seu podcast! Não adianta fazer corpo mole justo na hora de mostrar, né? 😅

Para garantir que o seu podcast esteja presente nas plataformas mais acessadas, a ferramenta mais completa e fácil de usar é o Anchor. Além de dar uma mão na distribuição, ele ainda ajuda você a criar, monetizar e ainda ver dados sobre o consumo do seu programa.

Por exemplo, ele mostra as principais características demográficas do seu público e quais partes do seu podcast eles efetivamente ouviram (ou pularam!). O que é um prato cheio para entender qual direção dar para o seu conteúdo no futuro.

Por fim, não deixe de desdobrar seu conteúdo nas redes sociais e usar esses canais para criar uma relação próxima com a sua audiência. Isso vai ajudar a criar uma base super engajada com o seu conteúdo!

Para saber como criar um podcast, você precisa de inspiração!

Você provavelmente já ouviu que “nada se cria, tudo se copia”, né? Mas calma lá que ninguém está dizendo que você deve replicar a ideia de um concorrente sem dar os créditos!

O que eu quero dizer é que o conteúdo que criamos é uma mistura de todas as referências que temos no mercado e nas nossas próprias vidas. Olhar o que está lá fora para entender o que gostamos e o que não curtimos tanto assim nos ajuda a criar nossa própria identidade!

Ou, pelo menos, serve de benchmarking 😂

Por isso, para criar um podcast, vá atrás de referências! Veja o que os podcasters estão fazendo aqui e em todo o mundo e extraia o melhor de cada um deles para agregar à originalidade do seu programa.

Para começar, que tal algumas dicas de podcasts brasileiros? Me conta o que achou depois aqui nos comentários! Até a próxima 😉

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba nossos melhores conteúdos por e-mail.

Você pode gostar disso

Como o blog pode ajudar a alimentar as redes sociais

“Eu não preciso de blog, preciso de conteúdo para as redes sociais.”…

Legibilidade: o que é e como afeta a performance do seu conteúdo

Você realmente sabe como a legibilidade influencia a performance de um conteúdo?…

O que é marketing de influência? Por que ele é vantajoso para qualquer empresa?

Tenho certeza que todo mundo já quis ser blogueirinho para receber presentes…

8+ podcasts brasileiros que você precisa conhecer

Se você descobriu o mundo dos podcasts brasileiros há pouco tempo e…