Interfaces do Qaya, nova plataforma para criadores de conteúdo digitais do Google

Na última quarta-feira (15), o Google anunciou mais um projeto focado em criadores de conteúdo. A bola da vez é o Qaya, uma plataforma onde creators podem vender produtos digitais e monetizar sua presença online.

GIF mostrando a interface do Qaya em diversos dispositivos
Qaya está disponível em todos os dispositivos (Fonte: Google/Reprodução)

Qaya objetiva profissionalizar a criação de conteúdo

Mais do que somente uma vitrine de produtos, o Qaya objetiva criar um hub de negócios para criadores de conteúdo.

A ideia é que os todos possam criar seus próprios espaços de divulgação online, expondo as redes sociais nas quais estão presentes e, também, os produtos digitais pelos quais são conhecidos.

Com isso, espera-se que creators tenham mais margem para profissionalizar seus negócios e fazer uma carreira da criação de conteúdo. É o que explica Nathaniel Naddaff-Hafrey, co-fundador e gerente do Qaya:

Nosso projeto começou com uma ideia simples: creators são a próxima geração de empreendedores. Como CEOs de seus próprios negócios, eles precisam das mesmas ferramentas comerciais como qualquer outro fundador bem-sucedido.

Até agora, o Qaya está disponível somente nos Estados Unidos. Ainda não há previsão de lançamento em outros países, incluindo o Brasil.

Opções diversificadas de exposição e pagamento

Mesmo em versão beta, o Qaya já trouxe uma série de funcionalidades interessantes — e a tendência é que haja mais em um futuro próximo.

Vitrine do Qaya é similar a um e-commerce (Fonte: Google/Reprodução)

Similar a um e-commerce, os creators podem expor seus produtos e receber o pagamento diretamente pela plataforma. O Qaya também oferece a possibilidade de disponibilizar produtos gratuitos para download.

Outras formas de monetização, como gorjetas e assinaturas, já estão sendo avaliadas para implementação.

Análise de dados sobre desempenho e conteúdo

Para facilitar a criação e a otimização de estratégias próprias, o Qaya ainda possui uma interface onde usuários podem analisar dados de performance sobre sua presença na plataforma.

Interface de analytics do Qaya, que traz alcance de conteúdo e performance de vendas de produtos digitais
Interface traz alcance e receita dos produtos do Qaya (Fonte: Google/Reprodução)

Lá, é possível entender quantas pessoas visualizaram seu perfil ou um determinado produto, além de avaliar o desempenho de vendas em determinados períodos de tempo.

Integração com outras plataformas do Google

Outro destaque do Qaya é a integração com outras plataformas de redes sociais. Segundo o Google, o objetivo é auxiliar com a criação de uma base engajada de fãs.

Até agora, só há conexão direta com o YouTube, mas espera-se de que novas possibilidades estejam disponíveis na sequência.

A integração permite expor produtos do Qaya diretamente abaixo do vídeo em contas de criadores de conteúdo qualificados.

Produto do Qaya exposto logo abaixo de um vídeo do YouTube
Integração com o YouTube permite expor produtos nos vídeos (Fonte: Google/Reprodução)
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso

Google recebe multa de R$ 1 bi por violação de cookies

(Reuters) – A agência francesa de privacidade de dados CNIL disse na…

Meta atualiza interface de objetivos do Ads Manager para simplificar a criação de campanhas

Agora, metas serão orientadas para resultados, o que facilita o entendimento sobre o papel de cada campanha na estratégia

Apple é a primeira empresa da história a alcançar US$ 3 trilhões em valor de mercado

A empresa também foi pioneira em atingir US$ 1 trilhão e US$ 2 trilhões

Instagram inicia testes de feed cronológico — mas pode não ser o que você espera

Existirão 3 versões do feed do Instagram, que poderão ser selecionadas pelos usuários