Dizem que as pessoas são o capital mais importante da empresa. De fato, isso é verdade. Afinal, sem colaboradores, é impossível alcançar os objetivos estratégicos e melhorar os resultados. Inclusive, esse é o motivo que justifica o foco na gestão de equipe.

Essa é uma forma de melhorar a experiência dos clientes, otimizar a comunicação interna e reduzir os gargalos nos fluxos de trabalho. Ainda tem mais vantagens, desde que sua empresa estabeleça as práticas certas para atingir a eficiência.

Então, o que fazer? Neste post, vamos explicar o conceito da gestão de equipes, suas vantagens, boas práticas e habilidades necessárias. Saiba mais!

O que é a gestão de equipe?

A gestão de equipe é um conjunto de práticas adotada por líderes e gestores com foco na eficiência, produtividade e alcance de melhores resultados. Ela está inserida dentro da gestão de pessoas, porque aborda um determinado grupo de colaboradores.

Portanto, gerenciar uma equipe faz parte do escopo de trabalho dos responsáveis pelos times da empresa, não do RH. De toda forma, o objetivo é semelhante: manter o engajamento e a motivação.

Quando se alcança esse patamar, é possível melhorar a retenção de talentos e reduzir o turnover (ou rotatividade de colaboradores) como consequência. Para isso, o gestor da empresa precisa desenvolver as seguintes atividades:

  • motivar os colaboradores a cumprirem os objetivos organizacionais;
  • ajustar a visão dos funcionários sobre a empresa e garantir o alinhamento;
  • equilibrar produtividade e qualidade do trabalho;
  • estimular o trabalho em equipe;
  • engajar os funcionários e torná-los comprometidos com as tarefas;
  • favorecer um bom clima organizacional;
  • incentivar a melhoria dos gargalos e outros aspectos negativos do trabalho.

Uma boa gestão de equipe é ainda mais necessária em um cenário de trabalho híbrido, onde o alinhamento assertivo entre os integrantes de cada time é imprescindível.

Quais são as vantagens da gestão de equipes?

Ao realizar uma boa gestão de equipe, o setor da empresa se torna mais eficiente. Por isso, a prática precisa ser adotada em diferentes departamentos. Em relação aos benefícios específicos, podemos citar:

  • aumento da motivação da equipe, porque os profissionais conseguem desenvolver suas habilidades;
  • melhoria da produtividade e da entrega de resultados, porque eles estão alinhados à estratégia. Assim, também se consegue reduzir erros e evitar retrabalhos;
  • aumento da retenção de talentos devido à melhoria do clima organizacional e à motivação, os profissionais se sentem satisfeitos com o ambiente de trabalho;
  • diferenciação da empresa no mercado, já que a configuração das equipes é impossível de ser copiada. Portanto, é uma forma de obter vantagem competitiva.

Como colocar em prática? Veja 5 práticas

Agora que você entendeu por que vale a pena investir na gestão da sua equipe, veja as dicas que ajudarão a ter mais eficiência. Confira.

1. Apresente a missão, a visão e os valores organizacionais

Os colaboradores sempre precisam conhecer esses 3 elementos. Eles significam:

  • missão: razão de existência do negócio;
  • visão: onde a empresa pretende chegar;
  • valor: são princípios a serem seguidos por todos e que não são negociáveis.

Essa tríade é ainda mais importante para a gestão de equipe. Isso porque traz a sensação de pertencimento e contribui para a integração entre os colaboradores. Além disso, eles sabem o que devem fazer e o que a empresa espera deles.

A gestão de uma equipe é mais eficiente quando o diálogo é implementado. É preciso que os colaboradores conversem entre si e que isso também ocorra com o gestor.

Assim, o ambiente de trabalho se torna mais colaborativo e incentiva a criatividade. Além disso, essa é uma forma de manter uma comunicação efetiva.

3. Conheça as habilidades individuais

Cada profissional tem competências comportamentais e técnicas. A partir de suas habilidades, é possível direcionar melhor o fluxo de trabalho e alocar os recursos humanos de forma correta.

Por exemplo, alguém que trabalha com a gestão de marketing pode ter um perfil mais comunicativo e se dar melhor no atendimento, ou vice-versa. Portanto, avalie esses aspectos para tomar a melhor decisão.

4. Repasse feedbacks

O gestor que se reúne com a empresa de forma periódica garante que todos os colaboradores estejam alinhados ao que a empresa precisa. Essa também é a melhor maneira de indicar o que o negócio espera de cada um e fortalecer a motivação por meio dos elogios.

O importante é que as críticas sejam construtivas. Além disso, o gestor também deve ouvir o retorno dos colaboradores. Assim, é possível fazer ajustes na gestão de equipe.

5. Lidere pelo exemplo

A última dica para a gestão de equipes é ser um exemplo. Isso é essencial para trazer confiança, inspiração e credibilidade. Por isso, também é importante para manter a motivação e o engajamento.

Quais habilidades são necessárias?

Além de ver todas as dicas importantes, vale a pena conferir as habilidades necessárias para líderes e gestores. Confira quais são elas:

  • comunicação;
  • comprometimento;
  • inspiração;
  • especialização.

Com todas essas dicas e focando na importância do conceito, você já pode aplicar a gestão de equipe na sua empresa. Então, que tal começar?

Aproveite e veja outras dicas para melhorar o seu negócio. Assine a newsletter da Mateada e receba as novidades no seu e-mail.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba nossos melhores conteúdos por e-mail.

Você pode gostar disso

7 passos para entender o que é gestão de marketing e aplicar na sua empresa

Já teve problemas em obter resultados nas vendas da sua empresa? Entenda como a gestão de marketing pode ajudar.

Inovação incremental: por que e como usar no meu negócio?

A inovação incremental é o tipo de inovação usado com mais frequência…

O que é gestão empresarial? Quais tipos existem?

Gestão empresarial é outra daquelas expressões que caíram na boca do povo…

O que é inovação disruptiva?

Falar em inovação disruptiva no mundo dos negócios já é quase como…