Quem começa no empreendedorismo digital precisa pensar na formalização de sua atividade. Geralmente, a jornada começa como microempreendedor individual, o regime mais fácil e barato no Brasil. A questão é: como fazer um MEI para trabalhar com marketing digital?

Caso você não saiba, o MEI tem algumas ocupações permitidas. Há mais de 400 atividades, sendo que a lista pode ser consultada no Portal do Empreendedor. Essa questão já é uma limitação. Ainda tem outras.

Mas, por experiência própria, existem formas de legalizar suas atividades de marketing digital fazendo um MEI. Como? Você verá a resposta neste post. Confira!

É possível fazer um MEI para trabalhar com marketing digital?

Toda atividade de negócio tem uma Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). O código do marketing digital é o 7319-0/03.

No entanto, ele foi desenquadrado do regime simplificado do Microempreendedor Individual. Portanto, é impossível utilizar essa numeração para fazer o seu MEI. Mas existem alternativas.

Nesse caso, é preciso se enquadrar em outra natureza jurídica. Por exemplo, Empresário Individual (EI) e Sociedade Limitada Unipessoal (SLU). Ao mesmo tempo, torna-se uma microempresa (ME), designação que se refere ao porte do negócio.

Ainda tem uma segunda alternativa. Se você não deseja ser EI ou SLU, precisa procurar CNAEs diferentes, mas que se enquadram no trabalho exercido no seu cotidiano.

Assim, você poderá aplicar as dicas de como fazer um MEI e ainda atuar com marketing digital.

Quais CNAEs podem ser utilizados?

Todo MEI pode escolher 1 CNAE principal e até 15 atividades secundárias. Todas devem estar diretamente atreladas ao seu trabalho cotidiano. Por isso, o primeiro passo é verificar quais funções exercerá para identificar as possibilidades. De modo geral, é possível se enquadrar da seguinte forma:

  • Redator, revisor e criador de sites: editor de jornais diários independente (5812-3/01), editor de jornais diários não independente (5812-3/02), editor de livros independente (5811-5/00), editor de revistas independente (5813-1/00), digitador independente (8219-9/99) e editor de lista de dados e de outras informações (5819-1/00);
  • Ilustrador e diagramador: editor de vídeo independente (5912-0/99), fotógrafo independente (7420-0/01), clicherista independente (1821-1/00), editor de lista de dados e de outras informações (5819-1/00), editor de livros independente (5811-5/00) e editor de revistas independente (5813-1/00);
  • Designer digital e social media: editor de revistas independente (5813-1/00), editor de lista de dados e de outras informações (5819-1/00) e editor de vídeo independente (5912-0/99);
  • Designer de materiais impressos: artesão em papel (1749-4/00), serigrafista (1813-0/99), serigrafista publicitário (1813-0/02), fotocopiador (8219-9/01) e cartazista, pintor de faixas publicitárias e de letras (8299-7/99).

Como fazer um MEI para trabalhar com marketing digital?

Depois de decidir os CNAEs com os quais vai trabalhar, chega a hora de colocar a mão na massa! Veja o passo a passo para fazer o seu MEI:

  1. Acesse o Portal do Empreendedor;
  2. Clique em “Quero ser MEI”;
  3. Selecione “Formalize-se!”;
  4. Faça o seu login no gov.br;
  5. Digite os dados solicitados. Por exemplo, nome, CPF, endereço etc.;
  6. Obtenha o seu CNPJ.

Pronto! O MEI está feito e você já pode começar a trabalhar. Aqui, é importante fazer algumas observações. O capital social se refere ao valor de investimento inicial. Provavelmente, será o custo do computador, além de mesa e cadeira.

Também é possível usar qualquer endereço. Isso porque o MEI pode exercer sua função até mesmo de casa. Por isso, não é preciso usar um escritório virtual nem outro subterfúgio.

Regularize a situação junto à prefeitura

Por fim, saiba que essa formalização do MEI é apenas o primeiro passo. Como o marketing digital consiste em prestação de serviços, é preciso fazer o procedimento de legalização na Prefeitura.

Aqui, não existe regra única, porque cada município determina as diretrizes. De todo modo, a maioria aceita a formalização via online e sem burocracia. A partir disso, você poderá emitir notas fiscais, o que é imprescindível para conseguir clientes melhores.

Conclusão

Entendeu como fazer um MEI para trabalhar com marketing digital? Por mais que a atividade em si não esteja permitida, você pode se tornar um Microempreendedor Individual e executar suas atividades sem ter problemas.

Afinal, existem alternativas que listamos neste post.

Gostou dessas dicas e quer ver mais informações úteis para melhorar seu trabalho no marketing digital? Assine a newsletter da Mateada abaixo e receba as melhores informações!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso