Olá, meu nome é Rogério Ramalho, sou especialista em marketing digital e performance, acabei de fechar uma parceria com a Mateada e por isso vocês vão me ver por aqui pelo menos uma vez por mês, trazendo conteúdos relevantes e atuais sobre marketing digital.

Hoje é o meu primeiro post e nele vamos abordar e descomplicar o ROAS (Return on Advertising spend). Assim, os tópicos abordados nesse conteúdo serão:

  • O que é ROAS?
  • Como calcular o ROAS do seu negócio?
  • Fatores que podem influenciar diretamente no resultado do ROAS

Desejo a você uma boa e proveitosa leitura.

O que é ROAS?

Para fazer uma primeira abordagem bem certeira sobre o que é ROAS, devo dizer que ele funciona como um microscópio que consegue ver e analisar detalhadamente um pedaço do seu negócio. Ele tem um funcionamento bem específico, sendo inteiramente dedicado aos seus anúncios.

Em outras palavras: o ROAS é uma ferramenta plenamente capaz de examinar a saúde das suas campanhas na internet. Com ele é possível ver o desempenho dos seus anúncios. Deu para entender?

E agora você deve estar pensando: entendi, sim. Mas qual é o benefício disso, na prática? Acontece que ver e analisar o desempenho dos seus anúncios é um fator determinante para as suas tomadas de decisões. É o seguinte:

  • Um bom desempenho de campanha pode te fazer ganhar muito dinheiro.
  • Um desempenho ruim de campanha pode te fazer perder muito dinheiro.

E aí, você faz parte dos que querem ganhar mais dinheiro ou menos dinheiro? Se você respondeu que quer fazer parte dos que querem ganhar mais, então você precisa continuar a leitura para entender como calcular o ROAS!

Como calcular o ROAS?

Bom, se você já conseguiu entender o que é o ROAS, entender o cálculo vai ser moleza, até porque esse é um cálculo bem simples. Confira a seguir

O cálculo é feito assim:

Primeiro você pega a receita total das suas campanhas e divide pelo custo com anúncios.

Depois, para saber o valor percentual, é aquele cálculo básico da aula de matemática: basta multiplicar o resultado por 100.

Exemplo prático: você investiu 10 mil reais em campanhas e teve um retorno de 100 mil. Pelo cálculo acima, o seu ROAS é de 10 ou 1000%. Trazendo de forma ainda mais clara: para cada 1 real investido, você teve um lucro/retorno de 10 reais.

Agora, nem tudo é só lucro. Assim como é possível lucrar muito com uma campanha de anúncios, também é possível ficar no 0 a 0 ou ainda perder muito dinheiro. Por isso é importante entender o que é o ROAS e como calculá-lo.

Por exemplo: se na mesma ocasião onde você investiu 10 mil o seu retorno foi de 10 mil reais, o seu ROAS seria de 1 ou 100%. Nesse caso você ficou no zero a zero.

Mas se no mesmo exemplo, com os mesmos 10 mil investidos, você só tem 5 mil reais de retorno, assim seu ROAS fica sendo de 0.5 ou 50%. Ou seja, você teve o retorno de 50 centavos para cada 1 real investido e saiu no prejuízo. Deu para entender os três resultados possíveis?

Pois bem, se você se lembra das suas aulas de matemática, você sabe que tem sempre uma regrinha básica para cada fórmula, e neste cálculo não é diferente.

A regra básica para o cálculo do ROAS é:

  • Um ROAS maior que 100%, significa lucro.
  • Um ROAS menor que 100%, significa prejuízo.
  • Um ROAS igual a 100%, ficou elas por elas.

Sim, é só isso. Simples assim. Porém, você não deve desconsiderar esse cálculo devido à sua simplicidade, pois é ele que vai te ajudar a saber se o dinheiro que você injeta em anúncios te traz lucro ou prejuízo. Curtiu saber disso?

Então para fechar, vale te dizer que o seu ROAS pode ser influenciado por alguns fatores, como, por exemplo:

  • Custo por clique: que você só paga quando alguém clicar no seu anúncio
  • Segmentação de público: que pode ser um tiro no pé se não for considerado na hora de colocar para rodar os anúncios.
  • Taxa de conversão: quanto maior é a conversão dos seus anúncios, mais alto o seu ROAS tende a ser.
  • Life time value (LTV): indicador que te mostra os clientes que valem a pena para o seu negócio.

Esse é um assunto um pouco mais complexo que ficará para outro momento. Mas você pode entender mais sobre cada um desses fatores hoje mesmo no meu blog. Clique e confira!

Termino esse conteúdo com um agradecimento especial a Mateada pela parceria e confiança e também a você que me prestigiou lendo até aqui.

Valeu e até o próximo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso