Profissional de SEO vendo os resultados aprimorados sem dados estruturados no Google Search Console
Fonte: Unsplash

Começando a partir da última sexta-feira, profissionais de SEO identificaram um cenário inusitado na SERP. O Google está mostrando resultados aprimorados de produtos em diversas páginas, mesmo que elas não possuam marcação de dados estruturados.

A notícia foi compartilhada por Barry Schwartz no Search Engine Roundtable.

No exemplo de Brodie Clark, consultor de SEO australiano, o resultado aprimorado traz a faixa de preço dos produtos mencionados nos artigos.

Vale sinalizar que o primeiro conteúdo diz trazer produtos de até $100, mas a faixa de preço vai até $119. Ou seja, mais um indício de que a extração dessas informações está sendo feita de forma automática pelo Google, baseada no HTML da página.

Similarmente, é de conhecimento geral que o Google não necessita de dados estruturados para perceber determinados aspectos do conteúdo de uma página.

A marcação acaba sendo um “empurrãozinho”, e, por isso, é muito utilizada em estratégias de SEO. Entretanto, vai perdendo sua relevância à medida que o algoritmo melhora em identificar as informações sozinho.

Na própria ajuda do Search Console, o Google sinaliza que os resultados aprimorados de produto vêm de “items estruturados com a marcação de produto do Schema.org, ou identificados como um resultado de produto por outro mecanismo”.

Diferença entre resultados aprimorados e dados estruturados

Tanto os resultados aprimorados quanto os dados estruturados são importantes para SEO e se relacionam entre si. Entretanto, se tratam de conceitos diferentes. Para profissionais da área, é imprescindível conhecer a distinção de forma clara.

Os dados estruturados são marcações no código HTML de uma página que ajudam a transmitir informações sobre o conteúdo de uma página.

  • Por exemplo: se minha página trata de uma receita, posso incluir dados estruturados para sinalizar algumas informações comuns a esse tipo de conteúdo, como o tempo de preparo, as calorias, a quantidade de porções, etc.

Por sua vez, os resultados aprimorados são resultados de busca com complementos visuais e interativos. Eles ajudam a contextualizar o conteúdo da página de destino e torná-la mais atrativa.

  • Por exemplo: o resultado da página de Magalu traz informações tabeladas, como a capacidade de lavagem e secagem, os programas e o peso da lavadora. Bem como as avaliações, o preço e a disponibilidade em estoque.
Exemplo de resultados aprimorados em uma página do Magalu
O resultado da página traz informações preliminares sobre o produto (Fonte: Google/Reprodução)

Exibição já pode ser identificada no Google Search Console

Vários publishers perceberam a exibição dos resultados aprimorados através dos relatórios do Google Search Console.

Na seção de Desempenho dos Resultados de Pesquisa, é possível adicionar um filtro de Aspecto da Pesquisa e ver somente os cliques e impressões gerados por um determinado recurso. Neste caso, Resultados de Produto.

Screenshot do filtro de aspectos da pesquisa no Google Search Console
Também é possível filtrar por outros dados estruturados (Fonte: Google/Reprodução)

Abaixo, podemos ver dois screenshots compartilhados por Lily Ray, Diretora Sênior de SEO da Amsive Digital. Ela mostra os picos de resultados em clientes que escrevem resenhas de produtos, mas não usam a marcação de produto do Schema.org.

O período coincide com dezembro de 2021, o mesmo sinalizado por Brodie Clark. Outros profissionais também notaram mudanças nessa mesma época.

Por que isso importa para profissionais de SEO?

A marcação de dados estruturados é um grande passo para qualquer estratégia de SEO. Afinal, traz resultados relativamente rápidos no que tange ao posicionamento e à CTR das páginas.

Entretanto, à medida que o algoritmo do Google fica mais avançado e consegue identificar essas informações sozinho, a marcação se torna menos necessária para garantir bons rankings.

Sendo assim, pode ser que essa ação perca importância no cenário geral de aquisição de tráfego orgânico. Neste caso, profissionais de SEO devem pensar como adaptar suas estratégias de acordo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso