Escrever melhor não é um talento nato. Na verdade, é uma habilidade que qualquer pessoa pode adquirir, e é especialmente necessária para escritores profissionais. Afinal, redatores web geralmente são pagos pelo número de palavras escritas!

Por isso, não é difícil concluir que quem escreve melhor em menos tempo acaba tendo melhores rendimentos financeiros. Pelo menos quando as demandas são de textos de blog! Normalmente, encontramos três fatores comuns entre bons escritores:

  • paixão pela escrita;
  • uma grande bagagem de leitura;
  • e muita prática.

Este último ponto é especialmente importante. Com a prática, a escrita fica mais ágil e você descobre truques que elevam o texto a outro nível.

É por isso que dizemos que é preciso criar uma rotina de escrita e preservar seu tempo e espaço de trabalho com unhas e dentes. Veja algumas dicas que podem funcionar para você escrever melhor e de maneira mais produtiva!

1 – Reserve horários na agenda

Sabe qual é um dos “segredos” dos escritores profissionais que alcançam bons rendimentos? Eles escrevem sempre, todos os dias, sem desculpas!

Repare que eu coloquei “segredo” entre aspas, porque essa é uma dica meio óbvia. Como tudo na vida, a prática e a constância são a chave para uma escrita mais ágil, mais fluida e mais eficiente.

Isso não quer dizer que você não pode folgar um dia ou outro na semana. Pode e deve: descansar areja a mente e fazer você voltar para o trabalho com novas ideias e mais gás para produzir! Mas o que não pode acontecer é arranjar outras coisas para fazer na hora que você reservou para o trabalho.

Aquela famosa procrastinação, sabe? Escrever melhor deve ser, antes de tudo, um compromisso de você consigo mesmo.

E esse compromisso pode ser em qualquer hora do dia. Com o tempo e o autoconhecimento, você percebe os melhores horários para escrever. Ou seja, aqueles que se encaixam melhor na sua rotina e no seu ciclo criativo natural.

2 – Tenha um espaço de trabalho

Se o tempo que a gente reserva para escrever tem que ser preservado, o mesmo vale para o local de trabalho, concorda?

Bem, na verdade, essa não é uma opinião unânime. Tem escritores que conseguem produzir muito bem em cafés barulhentos, com a TV ligada, na sala junto com as crianças brincando, enfim.

Mas, para mim, o escritório deve ser sagrado. Para escrever melhor, faz toda a diferença ter um cômodo organizado, silencioso e sem nenhuma distração. E, com isso, conseguir manter o foco, organizar as ideias e colocá-las no papel.

Como eu falei, cada pessoa tem seu jeito; o que vale para mim não necessariamente funciona com você. Mas, se tem sido difícil produzir bem por aí, quem sabe seja interessante observar como anda seu escritório?

3 – Mantenha a mente limpa

Digamos que você tem um parente com um problema de saúde. Uma dívida que não sabe como vai pagar, ou uma preocupação qualquer que está te tirando o sono. Quase impossível ser um escritor produtivo e escrever melhor nessas circunstâncias, né?

As preocupações ocupam a nossa mente e desviam o foco do trabalho. Elas ativam mecanismos de ansiedade e, aí, bloqueiam a criatividade. Mas como resolver isso?

Primeiro, tente alguma encontrar uma solução para o seu problema ou peça ajuda para quem pode resolver. Só de fazer esse movimento, você já vai poder “riscar” um pendência na sua cabeça e deixá-la livre para fazer a sua tarefa.

Mas, se você não puder resolver a questão rapidamente, existem algumas técnicas para tentar ficar em paz com o que te aflige. Alguns exemplos são a meditação, a organização das tarefas, a prática de exercícios físicos ou mindfulness.

Para mim, fazer uma caminhada e andar de bicicleta funcionam bem para descomprimir o estresse do dia a dia e voltar para meus textos ainda mais criativa e produtiva! 🙂

4 – Crie uma estrutura de tópicos

Agora, vamos para as dicas mais práticas que vão ajudar você a escrever melhor! A primeira é: montar um esboço do seu texto antes de começar a produzir de fato ajuda muito a seguir um fluxo e enfrentar o temido bloqueio criativo.

Isso porque, ao começar pela estrutura, você sai da inércia inicial e consegue organizar melhor os pensamentos para colocar o conteúdo no papel. Tendo os tópicos delimitados, é só ir “preenchendo” o texto até completar a mensagem que você deseja passar. Simples, né?

Lembrando que a estrutura em tópicos também ajuda na fluidez da leitura e na otimização do conteúdo para os mecanismos de busca.

5 – Equilibre o comprimento das frases

Objetividade é uma das dicas de ouro para escrever melhor. Afinal, ninguém gosta de enrolação, certo? Isso quer dizer que você não deve se limitar às frases longas, cheias de reviravoltas e firulas.

E, também, não usar somente frases curtas. Assim, somente uma atrás da outra. Isso porque a leitura fica truncada. Não tem uma fluidez legal. Não soa como música. Que é como um texto deve ser. E isso não incentiva o leitor. Ficamos desengajados do texto.

Isso quer dizer que você deve se esforçar ao máximo para atingir o equilíbrio perfeito. Combinando sentenças longas e frases curtas. Assim, você cria uma composição envolvente, que leva o leitor em uma jornada. E isso é essencial para transmitir as informações de forma eficiente.

6 – Prefira ordem direta e voz ativa

Usar ordem direta e a voz ativa facilita a compreensão da mensagem. Um exemplo: “João colocou a casa à venda” está na voz ativa. Se eu digo que “a casa foi posta à venda por João”, a frase agora está na voz passiva. O sentido da sentença é o mesmo, mas a segunda versão fica mais formal e também mais confusa, concorda?

Outro exemplo: “João colocou a casa à venda na segunda-feira”. Aqui, a frase está na ordem direta, e a mensagem é fluida e clara. Agora, observe a mesma sentença na ordem indireta: “Na segunda-feira, João colocou a casa à venda”. Percebe que a leitura parece mais truncada?

A clareza é o principal elemento de qualquer texto para web. Para escrever melhor, pense que o conteúdo deve ser legível e escaneável, de acordo com a persona que você busca atingir.

Ou seja, ela deve entender facilmente e conseguir pescar as informações principais de maneira simples, sem precisar fazer uma leitura aprofundada.

7 – Aposte em palavras fáceis de entender

Às vezes, usar palavras difíceis dá a sensação de inteligência. Afinal, era assim que era na escola, né? Mas lembre-se de que você não está escrevendo para si mesmo. Ao menos se você é um redator de blog e quer atingir bons resultados com seu trabalho.

Então, utilizar um vocabulário muito rebuscado ou formal pode ser um tiro no pé. Escrever melhor não é criar textos complicados. Sua audiência vai acabar fugindo deles simplesmente porque não consegue entendê-los direito.

Então, simplifique o máximo que puder. Se for preciso, recorra ao dicionário de sinônimos para falar a mesma coisa de outra maneira.

8 – Revise, reescreva e revise novamente

Seguiu todas as dicas acima? Calma que seu texto ainda não está pronto! Antes de dar por concluído, revise-o atentamente.

Um dos truques para escrever melhor é não deixar passar erros de ortografia nem vírgulas mal posicionadas. Se o leitor identificar algum equívoco, fica aquela impressão de desleixo, e não é isso que você quer para a sua marca! E, se for um cliente que confia no seu trabalho, pior ainda.

Não tenha preguiça de reescrever frases ou parágrafos que não foram bem construídos. Essa é a hora de refinar seu conteúdo!

Se for possível, também é bacana pedir para outra pessoa revisar e trazer um novo olhar sobre o conteúdo. Às vezes, o escritor fica com o “olhar viciado” e não percebe falhas bobas que podem prejudicar a qualidade do texto.

Lembre-se que a tecnologia está aí para te ajudar. Então, não abra mão das ferramentas de correção textual para identificar erros e melhorias para aplicar nos seus textos.

Conclusão: escrever melhor é questão de prática, empenho e atenção

Como percebemos ao longo desse artigo, a escrita não é um dom que vem naturalmente. Qualquer pessoa pode aprender a escrever melhor, desde que se comprometa com a dedicação necessária.

Além disso, vale lembrar que dominar essa prática é mais do que essencial para atingir resultados positivos com a estratégia de marketing de conteúdo. E não só para isso! Se você trabalha como freelancer, isso também ajuda a construir um portfólio de alta qualidade, que vai encantar seus leads e trazer bons clientes para a sua carteira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso