Profissionais de marketing digital estão constantemente buscando por jeitos inovadores de atiçar a criatividade. E, mais do que isso, apresentar conceitos abstratos de maneira mais palpável. Para esses fins, os mapas mentais são uma mão na roda!

Neste artigo, você descobrirá o conceito de mapa mental, junto com um passo a passo detalhado para criar o seu.

Ao fim da leitura, você verá por que essa ferramenta vai tornar suas apresentações de projetos, sessões de brainstorming e planejamento de estratégias ainda mais dinâmicos!

O que é mapa mental?

O mapa mental é uma técnica que usa a elaboração de diagramas para documentar ideias, explorar tópicos e estimular a criatividade. O tema principal fica no centro e, dele, se estendem ramificações de conceitos e pensamentos. Assim, é possível ter uma visão geral do assunto e visitar temáticas relacionadas facilmente.

Um mapa mental pode ser feito no papel ou em plataformas digitais. Ele pode conter somente palavras-chave ou também recursos visuais, como imagens e ícones. Conheça as possibilidades no próximo tópico!

Como fazer um mapa mental?

São 4 passos fáceis que você precisa seguir para criar um mapa mental. Olha aí:

1. Defina a plataforma

O primeiro passo para fazer um mapa mental é decidir se ele será digital ou físico. Escrever no papel é ideal para exercitar a criatividade, e você pode usar Post-Its para garantir a flexibilidade do seu diagrama.

Agora, se optar pelas plataformas digitais, sugerimos opções como o Lucidchart, Canva, Miro e MindMeister. Até o bom e velho PowerPoint e seu “irmão” da nuvem, o Google Apresentações, funcionam super bem para criar mapas mentais!

A vantagem dessas soluções é que você pode fazer ajustes facilmente à medida que expande seus conceitos. Além disso, é possível compartilhar com outras pessoas com apenas alguns cliques, o que funciona muito bem para equipes híbridas e remotas.

2. Escolha um conceito-base

Agora que você já tem noção da formatação do seu mapa mental, é hora de começar a remexer as ideias. Primeiro, pense na ideia central que irá se desdobrar em todas as ramificações do seu diagrama.

  • Qual é o problema que você busca soluções para resolver?
  • Qual é o tema a partir do qual você está procurando novas ideias?
  • Qual é o conceito que você está tentando destrinchar?

Essa expressão ficará no centro do mapa mental, e todos os temas relacionados se estenderão a partir dela.

Por exemplo: se estamos fazendo um mapa mental sobre as áreas do marketing digital, é esse conceito que deve ser posicionado no ponto central do diagrama.

Conceito central do mapa mental de marketing digital
Fonte: Miro

3. Comece a expansão

Neste momento, você tem apenas a essência do seu mapa mental. Ou seja, o tema-base que conectará todos os subtópicos que compõem o diagrama.

Por isso, chegou a hora de começar a expandir as possíveis temáticas! Nesse caso, você pode seguir por dois caminhos:

  • Começar por uma ramificação e preenchê-la até o final;
  • Ou ir construindo o mapa por níveis, e criar as diferentes ramificações ao mesmo tempo.

Como já dissemos antes, não existe certo ou errado quando se trata do mapa mental. A única regra a ser seguida é que conceitos mais amplos devem estar próximos do centro, enquanto informações específicas ou complementares ficam nas pontas do diagrama.

Por exemplo: no nosso mapa mental de marketing digital, podemos selecionar algumas áreas amplas de conhecimento para ficarem perto do centro.

Isso porque elas abrangem estratégias específicas, como é o caso do SEO. Quando estivermos completando o diagrama, podemos escolher preencher todas as ramificações de SEO (dividindo em SEO técnico, SEO para conteúdo e link building).

Mapa mental de marketing digital com ramificações que tratam de SEO
Fonte: Miro

Ou, mesmo, listar todas as áreas em um primeiro momento, e depois pensar nas possibilidades de expansão. Nessa pegada, poderíamos adicionar Inbound Marketing, SEO, mídia paga e marketing de conteúdo.

Mapa mental de marketing digital com ramificações em diferentes áreas do segmento
Fonte: Miro

4. Personalize o design

Uma das propostas do mapa mental é pegar um conjunto de ideias e transformá-lo em algo palpável, concreto, e fácil de ser visualizado. Por isso, o design é muito importante!

Usar cores diferentes para as ramificações pode ser uma maneira de diferenciar conceitos. Os tons podem ser mais escuros perto do centro, para sinalizar que as temáticas são mais densas e abrangentes.

Mapa mental de marketing digital completo
Fonte: Miro

Também é possível complementar o mapa mental com imagens e ícones que ajudem a ilustrar os conceitos apresentados. Assim, fica ainda mais fácil de entender a proposta à primeira vista.

Conclusão: como aplicar os mapas mentais no marketing digital?

A verdade é que os mapas mentais são estruturas bastante adaptáveis. Ou seja, a melhor maneira de aplicar depende das suas próprias necessidades.

Quando se trata do processo criativo, o mapa mental é incrível para documentar ideias em uma sessão de brainstorming. Descrever cada insight com apenas algumas palavras permite relembrar rapidamente o que foi discutido entre os participantes. As conexões, por sua vez, ajudam a estabelecer a relação entre cada sugestão.

Agora, falando especificamente do marketing digital, a etapa de planejamento é a que mais se beneficia dos mapas mentais.

Eles são especialmente úteis quando você ainda está na fase de ideação. Ou seja, jogando ideias na roda para depois filtrá-las e entender qual é o caminho mais vantajoso para ser seguido.

Se você está documentando a estrutura de uma campanha de marketing de conteúdo, por exemplo, o mapa mental pode ajudar a delimitar possíveis temas e enfoques de conteúdo. Ou, mesmo, entender os sentimentos evocados na persona durante os estágios da jornada de compra.

Entretanto, você não precisa ficar preso a essas situações. Um mapa mental é útil sempre que ajudar você a colocar as ideias no papel e pensar em novas abordagens para uma mesma solução. Aqui, vale a máxima do “cada um sabe de si” 🙂

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso