Divulgar um blog pode ser um desafio para produtores de conteúdo experientes, e ainda mais para iniciantes. Entretanto, é uma ação imprescindível para garantir o sucesso da sua estratégia.

Afinal, de nada adianta criar conteúdo de qualidade se as pessoas não chegam até ele em algum momento. Elas precisam encontrar seus artigos para, então, seguirem no fluxo do funil que você definiu ao planejar a estratégia do blog.

Esse conteúdo vai ajudar você a traçar um plano assertivo para que seu blog chegue à maior quantidade de pessoas possível. Vamos combinar ações orgânicas e pagas para potencializar o alcance do conteúdo e, assim, maximizar seus resultados.

Vamos lá?

Por que investir para divulgar um blog?

O blog existe para obter visitas. Sem que as pessoas cheguem até o conteúdo, todos os outros objetivos não podem ser atingidos. O resultado é que um blog sem usuários não traz vantagens, ou tem uma função clara.

Sendo assim, como começar a pensar em uma estratégia para aumentar as visitas do blog?

Perceba que existem várias formas de divulgação. O ideal é combinar diversas ações para criar uma teia firme, que também vai contribuir para o aumento de visibilidade e autoridade da marca. Algumas farão sentido para sua empresa, outras não. Leve essas particularidades em consideração na hora de traçar o plano de marketing digital.

6 estratégias para divulgar um blog com efetividade

As ações que vamos descrever a seguir servem para aumentar o tráfego de blogs antigos ou recém-criados. Entretanto, vale mencionar que algumas estratégias podem funcionar melhor para certos nichos do que outros. Também, há as características específicas da empresa, como mencionamos no tópico anterior.

Por isso, avalie todas as opções antes de sair atirando para todos os lados. Entenda o que pode representar uma melhor relação entre esforço e resultado para o seu caso específico. Somente então você poderá aplicar uma estratégia efetiva.

1 – Conteúdo

Antes mesmo de divulgar o blog, você precisa garantir que ele vai atender às expectativas dos futuros visitantes. E isso significa investir esforços para criar conteúdo de altíssima qualidade, através de uma estratégia editorial muito bem definida.

Afinal, não adianta ficar publicando conteúdos aleatórios sem planejamento e sem pesquisa prévia. Você precisa saber o que o seu público quer (ou precisa) ler para ajudá-los com seus próprios objetivos.

Sendo assim, invista no planejamento de conteúdo para entender quem é o seu leitor ideal, o que ele busca e qual será a jornada dele pelo blog. A partir daí, use essas informações para basear a pesquisa de palavras-chave e escolher temas relevantes.

Nessa hora, temos duas dicas de ferramentas que serão suas melhores amigas:

  • Google Trends: fornece dados de quais assuntos são tendência no momento, baseado em milhões de pesquisas diárias. É possível segmentar por localidade, período e até mesmo comparar termos. Ajuda muito a entender os assuntos que estão em alta agora ou em crescimento contínuo.
  • Ubersuggest (ou similar): ajuda na pesquisa ao trazer termos relevantes ou relacionados a uma determinada busca e informações como volume mensal e dificuldade para ranquear. Muito útil para pesar a relação entre esforço e resultado para uma palavra-chave específica.

E não para por aí: tome cuidado para atender aos requisitos de um texto para blog na hora da escrita.

Use técnicas de persuasão para ajudar no convencimento, ou elementos de storytelling para gerar identificação entre o leitor e seu personagem.

Crie imagens, vídeos e outros tipos de mídia que complementam o conteúdo e instigam o compartilhamento.

Quando se trata de produzir conteúdo atraente, as possibilidades são infinitas. A dica é ter foco no objetivo final da estratégia e prezar ao máximo pelas necessidades do leitor.

2 – SEO

As estratégias de SEO servem para aumentar o tráfego orgânico do blog. Ou seja, trazer mais visitantes que chegam a partir do Google e outros buscadores.

Saiba que primeiro tópico dessa lista já vai ajudar bastante a trazer relevância para o seu blog. Afinal, o pilar principal do SEO é a qualidade do conteúdo.

Se você produzir textos que estejam alinhados com a intenção de busca do usuário, que abordem todos os pontos relacionados a um tema e respondam às dúvidas dos visitantes, as visitas virão naturalmente.

Não vamos nos alongar tanto assim nesse tópico porque temos um conteúdo completo sobre SEO para blog. Lá, você encontra explicações detalhadas sobre os seguintes fatores que são imprescindíveis em qualquer estratégia:

3 – Mídia paga

Ao contrário de estratégias orgânicas, que demoram até mostrar os primeiros resultados, a mídia paga é o principal caminho para divulgar o blog e conseguir mais visitas quase instantaneamente.

Isso pode ser muito útil para blogs recém-criados, que ainda não pegaram a tração necessária para gerar tráfego a partir de SEO.

Claro, isso significa que você terá que dedicar uma certa verba para campanhas de anúncios. Entretanto, é provável que o investimento se pague, à medida que você tenha uma estratégia de conteúdo que leve efetivamente à conversão. Aí, você tem duas opções:

Impulsionamento de posts nas redes sociais

Na prática, o impulsionamento de posts é uma maneira de gerar tráfego pago. A ideia é publicar um conteúdo que leve o usuário para o artigo do blog e patrocinar a entrega desse post para mais pessoas.

Essa ação é bastante útil frente à constante redução de alcance orgânico que vem dando dores de cabeça aos gestores de redes sociais como o Facebook e Instagram.

Outra grande vantagem de impulsionar posts é que essa estratégia cabe em todo orçamento. Você pode colocar R$ 1 ou R$ 1,000. Tudo depende das suas possibilidades e expectativas.

Além disso, as principais plataformas de redes sociais (como o Facebook e o Instagram, por exemplo) permitem uma segmentação bastante profunda do público. Isto é, você pode atingir as pessoas conforme os interesses relacionados a sua marca ou até mesmo buscar a sua persona!

Além de ajudar com a divulgação do blog, existem outras vantagens para o impulsionamento de posts:

Aumenta a visibilidade da marca

Especialmente quando a marca ou a presença digital está sendo construída, as ferramentas de branding são essenciais para aumentar a visibilidade da marca. E o impulsionamento ajuda bastante com isso!

Além do fato de que os blog posts são conteúdos mais profundos do que as postagens em redes sociais, por exemplo. Ou seja, você revela outras faces e capacidades da sua marca para o público. Se você quer que sua marca seja vista, vale a pena investir nesta estratégia!

Mais oportunidades de venda

No caso dos blogs de e-commerces, os resultados de um post impulsionado podem ser vistos de forma ainda mais concreta através do aumento no número de vendas.

Isso é porque às vezes as pessoas estão em dúvida sobre alguma compra e o blog post ajuda muito a clarear as ideias dos possíveis compradores, convencendo-os a realizar a compra ou os levando para o produto certo.

E claro, mesmo que o post não seja de fundo de funil, as linkagens e outras estratégias utilizadas na construção do calendário editorial vão levando o leitor a virar um cliente.

Anúncios em páginas de resultados de busca

O outro tipo de mídia mais efetivo para divulgar um blog são os famosos links patrocinados, que aparecem nas páginas de resultados de buscadores como o Google.

Toda vez que um usuário faz uma pesquisa, os anúncios ficam acima dos resultados orgânicos. Isso confere ainda mais visibilidade e, consequentemente, mais visitas do que estratégias de SEO podem trazer em um primeiro momento.

Entretanto, é preciso prestar bastante atenção à estratégia de palavras-chave utilizada. Tente levar em consideração a intenção de busca do usuário: ou seja, o que ele está procurando quando digita um determinado termo.

Se um usuário busca por “tênis branco masculino”, ele quer ver dicas de como deixar o tênis branquinho por bastante tempo, ou visualizar os modelos disponíveis para compra? Para chegar a essa resposta, pesquise pelo mesmo termo no Google e avalie os resultados disponíveis.

Com esse procedimento simples, você garante uma otimização efetiva dos recursos dedicados para as campanhas de mídia paga.

4 – Redes sociais

As redes sociais são um canal muito poderoso para criar e manter relacionamentos duradouros com o público. É um espaço aberto, que as pessoas acessam justamente para ficar a par das últimas novidades e receber conteúdos que despertam seu interesse.

Por isso, podem representar uma boa oportunidade de divulgar o blog e levar tráfego para ele. Mas, antes de começar a divulgar seu blog nas redes sociais, é preciso conhecer algumas informações sobre cada uma.

Assim, o trabalho realizado não será desperdiçado e você poderá aproveitar os diferenciais delas para realizar uma boa campanha de divulgação nas redes sociais.

Antes de começar

Com o perfil de seu blog criado nas principais redes sociais, você tem que aproveitar as seções Sobre o Perfil disponibilizadas por elas. Ali, geralmente, é possível escrever uma pequena descrição sobre os assuntos tratados em seu blog e é permitido incluir um URL direto para ele.

Além disso, é necessário que você crie um cronograma de publicação para cada rede social. Você terá maior controle das publicações, menos trabalho e, com o tempo, compreenderá o comportamento de seus fãs ou seguidores, o que é importante para aumentar os resultados de suas publicações.

Facebook

Ter uma fan page do seu blog é praticamente uma obrigação. Afinal, a rede social criada por Zuckerberg é a maior do mundo nos dias de hoje.

Outro diferencial do Facebook é o nível criativo que ele permite ao realizar suas postagens. É possível publicar fotos, vídeos, ofertas de produtos, criar eventos e até realizar streamings ao vivo.

Como dicas para divulgar melhor o seu blog, recomendamos:

  • use imagens ou vídeos em suas publicações. Esse tipo de conteúdo chama atenção e instiga o usuário a parar de rolar o feed;
  • escreva descrições com até 480 caracteres, para que o conteúdo não seja encurtado automaticamente;
  • escreva de forma pessoal e convide os leitores para alguma ação (compartilhar, comentar, etc.);
  • sempre coloque o link de seu post, para possibilitar que as pessoas acessem o conteúdo facilmente;
  • procure grupos de discussão sobre os assuntos tratados por seu blog e publique seus artigos nos mesmos, sempre respeitando as políticas de interação deles.

Twitter

O Twitter ficou conhecido por permitir apenas 140 caracteres em seus post e por introduzir o uso de hashtags (#) no ambiente digital. Mesmo com o limite de caracteres sendo ampliado em suas últimas atualizações, a rede social ainda é sinônimo de publicações de mensagens curtas.

Assim como o Facebook, ao longo dos anos o Twitter também ampliou o leque de opções de publicações.

Além de mais caracteres, a rede do passarinho permite postar imagens, gifs e até realizar enquetes, ideais para conhecer melhor os seus seguidores. Como dicas para divulgar o seu blog no Twitter, temos:

  • tente escrever tweets com menos de 140 caracteres, limitando o restante do espaço para hashtagscitações e uso de links;
  • publique com até 4 hashtags. Isso os torna mais pesquisáveis e fáceis de encontrar na rede social;
  • quando possível, utilize as marcações de perfis (@). Elas aumentam o crédito de seu post e podem ampliar o alcance do mesmo.

LinkedIn

Criado em 2003 para facilitar a conexão profissional, atualmente o LinkedIn é uma das maiores redes sociais. Seu diferencial é o grande número de grupos de interesses criados, onde é possível divulgar suas publicações com facilidade e amplo grau de conversão.

Como dicas para tornar seus posts mais atrativos, temos:

  • escreva o seu post com até 150 caracteres. Além desse número, os leitores terão que clicar em Ver Mais para conferir a publicação inteira;
  • utilize imagens e sempre coloque o link em sua publicação. Eles auxiliam no desempenho da postagem;
  • altere o horário e o texto do post quando você publicar em grupos diferentes. Lembre-se que há a possibilidade de usuários fazerem parte dos mesmos grupos.

Instagram

O Instagram é a rede social com maior apelo visual de todas. Nele, é permitido a publicação apenas de imagens (1080 x 1080 pixels no tamanho mais comum) e de vídeos curtos, na timeline ou em suas histórias (visíveis apenas por um dia).

Mesmo com esses diferenciais que estreitam um pouco os tipos de posts realizados, a rede social pode ser uma grande aliada à sua campanha de divulgação, devido ao seu grande número de usuários e ações de interação permitidas. Como dicas para publicar no Instagram, destaco:

  • tente comunicar o seu usuário com até 155 caracteres. Após isso, ele precisará clicar em Mais para visualizar todo o conteúdo;
  • use e abuse de hashtags. Assim, o seu conteúdo aparecerá nas pesquisas dos usuários com mais facilidade;
  • comunique o seu usuário a visitar o seu blog através do seu perfil ou através de uma URL encurtada, já que o Instagram não permite a publicação de links clicáveis em seus posts.

Pinterest

Assim como o Instagram, o visual é o principal atrativo do Pinterest. Nele, é possível criar álbuns de imagens dos mais diversos temas e que servem de atração para outros usuários. Além disso, é possível adicionar imagens de qualquer tamanho, sendo que elas podem ser pegas automaticamente do post em seu blog.

Para realizar postagens mais atrativas aos seus usuários, lembre-se sempre de:

  • faça descrições entre 150 e 300 caracteres, sempre utilizando hashtags para facilitar a aparição em pesquisas realizadas na rede social;
  • colocar o link de seu blog em seus posts. Assim, é possível aumentar o número de cliques para ele;
  • e utilizar call-to-action (chamadas à ação) em seus posts, convidando os usuários a visitar o seu blog.

5 – E-mail marketing

Visto que é um canal que permite interação direta com o potencial cliente, o e-mail marketing é muito útil para divulgar conteúdos do blog a quem possivelmente já está predisposto a se interessar por eles.

A verdade é que a maneira ideal de oferecer os artigos para o público vai depender da sua persona e da natureza do conteúdo em si.

É possível criar um e-mail específico falando da novidade, cuidando para que os envios não se tornem repetitivos e maçantes com o passar do tempo. Caso a empresa possua uma newsletter, é possível dedicar uma seção do disparo aos artigos.

Existem várias possibilidades, mas a chave é entender o papel do blog como integrante da estratégia de nutrição de leads e em que momento da jornada eles podem ser mais úteis ao cliente.

6 – Relacionamento

As estratégias de relacionamento são benéficas para diversos aspectos do marketing digital. Incluindo a divulgação de conteúdos! Afinal, as pessoas ficam mais propensas a desempenharem ações específicas quando confiam na empresa que as promove.

Sendo assim, há algumas maneiras de divulgar o blog nessa linha:

Assinatura de e-mail da empresa

Quantos e-mails sua empresa envia todos os dias, para clientes, fornecedores e parceiros? Muitos, não é? Use esse fato a seu favor para divulgar o blog. Basta colocar um link na sua assinatura de e-mail.

É um passo simples, mas que pode gerar resultados interessantes. E vale tornar padrão, porque quanto mais colaboradores aderirem, maior o alcance!

Se houver um CTA chamando para clicar no link na assinatura, as chances de trazer visitas são ainda maiores.

Imprensa

Geralmente, essa é uma forma de divulgar um blog que só está disponível para empresas que trabalhem com assessoria de imprensa ou Digital PR. Porém, nada impede que você selecione o e-mail de alguns jornalistas de sua região e envie um press release também.

Mas o que é um press release? É como um comunicado à imprensa, que serve para contar alguma novidade sobre a empresa. Sua grande vantagem é que ele trará mais visibilidade para o blog, sem necessariamente gerar mais custos.

Se ele for feito da forma adequada e enviado para bons profissionais, você terá maior chance de ter um bom tráfego oriundo do mesmo.

Grupos

Especialmente no Facebook, os grupos são uma boa maneira de atingir pessoas organicamente de acordo com preferências e interesses específicos.

Mas como divulgar o blog nesses canais? Encontre um grupo com uma boa quantidade de participantes e um alto nível de interação. Faça uma publicação explicando o que é o blog e qual a sua função. Ou divulgue um conteúdo específico, que se destaca pelo tema interessante ou pelas mídias construídas a partir dele.

Mas isso não se restringe a apenas um grupo. Você pode usar vários.

Dependendo de que tipo de negócio você possui, é provável até que haja grupos mais específicos, o que melhora em muito a qualidade do tráfego que você recebe.

Só tome cuidado para não ser invasivo e repetitivo. Publique com parcimônia, para que não tenha um efeito negativo na divulgação.

Blogs

Um blog precisa se inserir no universo de outros sites que tratam do mesmo segmento. Uma forma interessante de fazer isso para se posicionar e fazer networking é deixando comentários em outros blogs!

Mas, atenção: não é para fazer spam, nem copiar e colar a mesma mensagem para todos. Leia os posts do seus concorrentes (vai ajudar a ter referências, inclusive!) e deixe comentários relevantes.

Eles servem para mostrar que você sabe do que está falando e possa ajudar alguém ou colaborar com alguma discussão saudável.

Conclusão

Saindo desse post, a prioridade é que você entenda que a estratégia de divulgação do blog deve abranger ações diversas e coordenadas.

Ou seja, não adianta apostar todas as fichas em apenas um canal. É preciso entender como tirar o melhor de cada um deles para, então, maximizar os resultados com a menor quantidade de recursos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Assine nossa Newsletters

Receba semanalmente as principais notícias e conteúdos sobre Marketing Digital.

Você pode gostar disso